A margem sul do Guaiba – Barra do Ribeiro

A MARGEM SUL - DE GUAIBA à BARRA DO RIBEIRO

Depois de passar semanas buscando um destino próximo a Porto Alegre, interessante para uma bike trip rápida, surgiu a ideia de ir conhecer a margem sul do Guaiba, e ir em direção à cidade de Barra do Ribeiro. Queriamos um trajeto misto, que envolvesse paisagens bonitas, estradas tranquilas e claro, um pouco de estrada de chão. Nesse pedal, iriamos fazer o primeiro teste da Monster Cross que criamos para o nosso amigo e cliente Pedro, uma Hardtail com guidão drop que foi criada justamente pra esse tipo de pedal. 

Nosso pedal começou com o embarque no catamarã logo pela manhã, que nos levou da zona sul de Porto Alegre ao centro de Guaiba. Por lá, nossa primeira parada foi num mercadinho pra pegar um lanche, e seguimos viagem em direção ao sul, costeando o rio. Percorrendo ruas bastante tranquilas, logo acessamos uma estrada de terra na saída da cidade, que nos levaria através da área rural para a Barra.

Logo no primeiro quilômetro, tivemos um pequeno acidente com um enorme buraco no asfalto. Felizmente, á única vítima foi uma câmara de pneu da bike do Lucas. Com tudo novamente em ordem, seguimos viagem curtindo a paisagem dos campos. A estrada estava em excelente estado, e nos permitiu manter um ritmo bom sem sofrer. Demoramos cerca de 1h de pedal neste trajeto de chão batido, quando avistamos o primeiro acesso da Barra. 

A cidade é bem pequena e tranquila, e a principal atração da região, claro, são as praias de água doce. Numa delas, chamada Canto da Mulata, paramos pra fazer nosso lanche e respirar um pouco, curtindo o silencio e a brisa leve do dia. Pra nossa sorte, alias, a previsão inicial de chuva não se confirmou, e a temperatura amena tornaram o dia extremamente prazeroso de pedalar. 

Nos distraimos um pouco com o horário, e a pausa longa nos custou um pequeno susto. Demos conta que o tempo pra retornar até Guaiba e pegar o catamarã de retorno estava um pouco apertado. Com isso, decidimos voltar pelo asfalto, fazendo um trajeto um pouco maior, porém mais rápido. Por sorte, ainda tivemos a ajuda de um vento cruzado que ajudou as pernas já meio cansadas. No fim das contas, chegamos até com alguma sobra. 

Antes de embarcar na viagem de volta, ainda deu tempo de sentar num boteco ao lado do terminal e tomar uma cerveja, comer um lanche e conversar sobre o pedal. No total, percorremos cerca de 70km, a maior parte dele em estradas vicinais de pouco transito, bastante tranquilas para pedalar. A ideia era mesmo descansar a cabeça e sair um pouco da cidade, e acabou sendo uma ótima pedida pra uma terça-feira. 

Esse é um trajeto que recomendamos demais pra uma fuga rápida da cidade, ou mesmo para um acampamento de uma noite aqui na região de Porto Alegre. Por ter bastante espaço para acampar, e ser um trajeto calmo e seguro de pedalar, o destino da Barra é uma ótima pedida em praticamente qualquer estação do ano. 

Veja a galeria completa do pedal: